MINEIRINHO – Adriano de Souza, Campeão mundial de surf 2015, dá dicas de segurança nas praias

CUIDADOS NO SURF!!!
1. Evite surfar com doença ou após ingerir bebidas alcoólicas ou drogas.
2. Aprenda a prevenir, resgatar e aplicar primeiros socorros sem se expor – curso SURF-SALVA. https://sobrasa.org/surf-salva/
3. Tome conhecimento e obedeça as sinalizações na praia.
4. Verifique as condições do tempo e perigo local como, pedras, recifes, coral, animais marinhos antes de entrar.
5. Surfe sempre acompanhado.
6. Use sempre o “leash” e esteja pronto a poder solta-lo se ficar preso em alguma pedra ou se enrolar no pescoço.
7. Surfe sempre que possível perto a um posto de guarda-vidas e pergunte o local mais seguro.
8. Em caso de ondas não solte a prancha caso haja alguém atrás de você.
9. Se tiver outro surfista vindo em sua direção na onda, prefira sempre ir em direção a espuma, pois será mais seguro a você.
10. Se a queda for inevitável procure:
* Afastar-se da prancha – proteja sempre a cabeça;
* Não deixe o estrepe enrolar no pé, na mão ou principalmente no pescoço;
* Afunde na queda e suba sempre com a mão na frente da cabeça;
* Evite mergulhar de cabeça em local raso, mas se inevitável, coloque sempre a mão antes da cabeça.
11. No caso de alguém estar embaixo da onda, procure não fazer brincadeiras ou manobras arriscadas.
12. Evite saída por pedras, se possível saia sempre pelo banco de areia.
13. Saia da água em caso de relâmpagos ou trovões.
14. Mais de 85% dos afogamentos ocorrem em correntes de retorno. Saiba como reconhecer.
15. Sempre que possível avise o profissional (193) antes de iniciar qualquer socorro na água.

AOS BANHISTAS
siga as dicas do campeão Mundial de Surf!

1. Atenção 100% nas crianças a distancia de um braço mesmo na presença do guarda-vidas.
2. Pais e responsáveis – Estabeleçam regras rígidas de segurança em praias, rios e piscinas.
3. Nade em local com guarda-vidas e pergunte aonde é mais seguro.
4. Em praias oceânicas mais de 85% dos afogamentos ocorrem em correntes de retorno. Saiba como reconhecer e evitá-las,
5. Nade sempre acompanhado.
6. Use o colete salva-vidas em pescarias, embarcado ou em áreas de risco.
7. Evite ingerir bebidas alcoólicas antes do banho.
8. Não superestime sua capacidade de nadar – METADE dos afogados achavam que sabiam nadar.
9. Sempre entre em água rasa ou desconhecida com os pés primeiro.
10. Tome conhecimento das condições do ambiente e obedeça as sinalizações. Em correnteza, não lute, flutue, erga uma das mãos e peça imediatamente por socorro.
11. Não tente entrar na água para salvar, chame o socorro profissional (193), jogue algum material flutuante e aguarde os profissionais.
CURTA MUITO A ÁGUA E NÃO SE AFOGUE.

A Sociedade Brasileira de Salvamento Aquático – SOBRASA, agradece:
Ao TC Smicelato e CBPMSP pelas imagens cedidas do Adriano de Souza – Mineirinho.
Ao Campeão de Surf 2016, nosso obrigado por sua participação sem custos na ajuda pela redução dos afogamentos.

Edição
Dr David Szpilman – Diretor Médico

Música
The Lumineers – Ho Hey

Conteúdo técnico
SOBRASA
Publicado on-line https://sobrasa.org/?p=23604, Dezembro de 2015.

Dr David Szpilman

Dr David Szpilman

Dr David Szpilman - Sócio Fundador, Ex-Presidente, Ex-Diretor Médico e atual Secreatário-Geral da SOBRASA; Ten Cel Médico RR do CBMERJ; Médico do Município do Rio de Janeiro; Membro do Conselho Médico e Prevenção da International Lifesaving Federation - ILS; Membro da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do CREMERJ. www.szpilman.com