Guarda-vidas Brasileiro trabalha na Itália

Antes de iniciar a procura por um trabalho de guarda-vidas (bagnino) na Itália, seja para trabalhar em piscina, lago ou praia (mar) é necessario estar legalmente autorizado para viver e trabalhar na Itália.

No meu caso eu possuo a cidadania italiana, assim posso morar na Itália ou em qualquer pais da União Europeia sem problema. Para estrangeiros que não possuem a cidadania europeia é necessário uma permissão para viver no pais, aqui na Itália chamado de “permesso di soggiorno”. A maneira para consegui-la é diversa e burocrática e por isso não entrarei em detalhes de como consegui-la aqui.
Nota: é muito difícil conseguir trabalho nessa área não estando legalmente no pais.

Apos ter a permissão para viver legalmente na Itália é necessário possuir a certificação italiana de guarda-vidas (bagnino ou assistenti bagnanti). A instituição responsável para isso é a FIN ( Federazione Italiana di Nuoto – ou Natação) ao qual a secção de Salvamento é responsável pelos cursos e certificações de guarda-vidas. Existe também a Societa Nazionale di Salvamento que ministra cursos com certificado reconhecido mas não faz parte da ILS (International Live Saving)
Nota: diferente do Brasil o órgão de Salvamento Aquático faz parte da Federação de Natação.

Como emitir seu certificado Italiano?
Como eu vivo em Milão entrei em contato com o responsável da Província de Milano para saber quais documentos eram necessários para converter meus certificados internacional de guarda-vidas de piscina e água interna da ILS ao qual tanto a SOBRASA e a FIN fazem parte. Para a conversão dos certificados eram necessário: documento de identidade (para cidadães europeus), permesso di soggiorna (para estrangeiros), codice fiscale (CPF italiano), atestado medido, e o pagamento de uma taxa de 100 euros (sim é bem caro). Apos a entrega dos documentos era necessário participar de algumas perguntas com o responsável para testar os conhecimentos de guarda-vidas e é claro que foi em italiano (por isso é importante falar e entender bem o italiano), e apos essa perguntas estava apto a receber o certificado. No inicio se recebe um certificado provisório para apos se receber em casa a credencial e o certificado oficial. O nome de todos os guarda-vidas (bagnino) com certificado no prazo de validade esta no site da FIN na secção dedicado aos guarda vidas.

As oportunidade de trabalho de guarda vidas aparecem mais na época do verão europeu. De abril ate o final de setembro são os meses que se contratam guarda vidas. Os contratos são basicamente “stagionale” ou seja por um período de 3, 4 ou 5 meses. Eu apenas conheço uma empresa na Itália que contrata guarda vidas por tempo indeterminado que se chama “Virgin Active” que é uma rede de academia que existe no mundo todo e é a empresa que eu trabalho atualmente.

O trabalho de guarda vidas de piscina é praticamente igual ao do Brasil. Manter a ordem na piscina e no seu entorno.
O trabalho na praia ou mar é um pouco diferente, pois a praia não é de responsabilidade dos bombeiros militares (vigile del fuoco) mas sim da empresa (bar, restaurante – concessionária (como em Portugal) que aluga uma faixa de areia na praia e contrata um guarda vidas para fazer a segurança aquática e também ajudar na limpeza e ordem da faixa de areia. Na praia é comum ver o pattino salvataggio, especie de embarcação a remo para realizar salvamento. Na minha opinião pouco eficaz.
Nota: a faixa de areia que não possui nenhum bar ou restaurante é desprotegida de guarda vidas.

O valor dos salários pagos aos guarda vidas são geralmente por horar trabalhadas. O valor médio é de 5.50 euros/hora ate 7 euros/hora.

A oportunidade de intercambio de conhecimentos faz o trabalho de guarda vidas no exterior ser interessante e prazerosa. Para aqueles que dedicam a vidas em buscar conhecimentos para prevenir e salvar a experiencia no exterior vale a pena.

Caso precisem de mais informações, entrem em contato com Arthur Stecca <arthurstecca@gmail.com>;

Um grande abraço aos amigos guarda-vidas da SOBRASA

Arthur Stecca
Arthur_stecca1 Arthur_stecca3 Arthur_stecca2

Dr David Szpilman

Dr David Szpilman

Dr David Szpilman - Sócio Fundador, Ex-Presidente, Ex-Diretor Médico e atual Secreatário-Geral da SOBRASA; Ten Cel Médico RR do CBMERJ; Médico do Município do Rio de Janeiro; Membro do Conselho Médico e Prevenção da International Lifesaving Federation - ILS; Membro da Câmara Técnica de Medicina Desportiva do CREMERJ. www.szpilman.com